I made this widget at MyFlashFetish.com.

sábado

Uma verdade em forma de piada nada engraçada!


EMPREGUINHO
Um sujeito vai visitar um amigo deputado federal e aproveita para lhe pedir um emprego para o seu filho que tinha acabado de completar o supletivo do 1º grau.
- Eu tenho uma vaga de assessor, só que o salário não é muito bom... - Quanto doutor?
- Pouco mais de 10 mil reais!
- Dez Mil!!!!???? Mas é muito dinheiro para o garoto! Ele não vai saber o que fazer com tudo isso não, doutor!!!! Não tem uma vaguinha mais modesta?
- Só se for para trabalhar na assembléia. Meio período e eles estão pagando só 7 mil!
- Ainda é muito doutor! Isso vai acabar estragando o menino!
- Bom, então tenho uma de consultor. Estão pagando 5 mil reais por mês, serve?
- Isso tudo é muito ainda, doutor. O Senhor não tem um emprego que pagasse uns mil e
quinhentos ou até dois mil reais???
- Ter eu até que tenho, mas aí é só por concurso e é para quem tem curso superior, pós-graduação ou mestrado, bons conhecimentos em informática, domínio da língua portuguesa, fluência em inglês e espanhol e conhecimentos gerais... além do mais, ele terá que COMPARECER AO TRABALHO TODOS OS DIAS...
Esta é a vida de PROFESSOR e muitos outros trabalhadores....que passaram a vida estudando e se atualizando.
E na verdade, na prática é isso mesmo!!!





3 comentários:

John Alban disse...

É triste mas é verdade, William. Neste nosso querido país só analfabetos apadrinhados conseguem cargos altos. Os que realmente merecem respeito, como os professores, ficam jogados à propria sorte, trabalhando como mouros para sustentar a família e dando trinta por cento do que recebem para sustentar vagabundos inúteis.

aranhablogtavares disse...

O discurso infelizmente não é compatível com a prática. aprendemos tantas coisas profundas com os pensadores, estudiosos sérios que nos contextualizam o fazer professor é...Prof William, quando vamos para o dia a dia o descaso total. Pior até que qualquer estrutura adminitrativa são os casos de violência acometidas conosco. Um forte Abraço! Prof Fátima Tavares Realengo Rio de Janeiro!

joselito bortolotto disse...

Prof. William

Como todo bom brasileiro, adoramos rir de nossa desgraça, não sei bem se por puro masoquismo ou é "inveja" das condições maravilhosas que tem aqueles que estão no poder ou gravitam em torno dele, onde a maioria absoluta nem sonha em conseguir. Infelizmente isto não é piada, provavelmente seja uma conversa gravada verdadeira, apenas não identificando os seus interlocutores.

Um abraço