I made this widget at MyFlashFetish.com.

sábado

O COMPUTADOR E A EDUCAÇÃO



Estamos vivendo numa era em que o desenvolvimento de novas tecnologias está revolucionando o modo como vivemos e pensamos. A velocidade com que surgem chega a ser espantosa. Ao comprarmos um computador de ultima geracão, por exemplo, assim que sairmos da loja e folhearmos um novo exemplar de uma revista de informática, constataremos que ja existe um novo modelo de computador, mais avancado, pronto ou sendo fabricado.

As mudancas causadas proporcionam o desenvolvimento de novas tecnologias da informacão e da comunicacão, que acabam oferecendo uma visão sistêmica e interacionista sobre o desenvolvimento da inteligencia.

Os meios de producão tambem estão sendo afetados. O lugar antes ocupado pelas riquezas naturais de um pais, agora esta centrado no capital humano. Com a automacão presente em grande parte da producão e com a grande concorrência devido a globalizacão, um novo perfil de trabalhador e exigido atualmente no mercado. O trabalhador que repete gestos não tem mais lugar, pois uma maquina hoje em dia pode fazer isso. O trabalhador tem que saber criar, improvisar, raciocinar.

Para criar esse novo trabalhador e os novos cidadãos que ter? o que enfrentar, e que já enfrentam, as mudancas dessa "revolucão da informacão", a educacão exerce um papel de grande importancia, pois e por ela que se pode entrar nessa nova era de uma maneira menos traumática. A educacão hoje e vista como um ingrediente de producão tão valioso como, por exemplo, a energia.

Sem energia não ha producão, e sem educacão tambem não. Com a globalizacão, o mundo ficou pequeno. As tecnologias atuais não oferecem um produto pronto, acabado, elas oferecem (e propõem) o inicio da interatividade. Quem não estiver se atualizando, em constante busca das novidades, vai ficar marginalizado nesta nova sociedade. E necessario pensar, então, em educar para o novo mundo, onde as descobertas digitais definem os limites do saber e do aprender. Dentro do novo paradigma que esta sendo proposto, so opta, participa e trabalha quem tem informacões, ou acesso a elas.

Gilda Pelegrino

2 comentários:

ProfessorNelsonMS disse...

William (prof.),

Com certeza o texto que você postou irá contribuir para a conscientização da importância do uso da informática no cotidiano, mormente as tecnologias da informação e da comunicação, seja nos âmbitos pessoal, educacional ou profissional.

Há uma resistência, que considero indevida, ao uso da informática, a alegação é de que o uso do computador poderá desenvolver uma alienação no usuário. Entendo que esta colacação não procede, basta que o usuário seja bem orientado e ele mesmo estruture uma forma de uso adequada. Até porque, tudo na vida pode levar a um estado de alienação desde que não haja o uso correto.

Um abraço.

Nelson

castrodigital.com.br disse...

Muito interessante o texto.