I made this widget at MyFlashFetish.com.

sexta-feira

Eleição vergonhosa no Senado recoloca Collor na cena política


Com a ajuda de fiéis aliados de Renan Calheiros, em uma disputa acirrada, no último mês de março, o senador Fernando Collor de Mello foi eleito presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado. A votação foi secreta e o ex-presidente obteve 13 votos, enquanto a senadora Ideli Salvatti recebeu 10 votos. O PMDB e o DEM se juntaram ao PTB de Fernando Collor para derrotar o PT. Líder da bancada do PMDB, Renan, que em 2007 renunciou à presidência do Senado para escapar da cassação, se empenhou pessoalmente para garantir a vitória de Collor.
A eleição do senador de Alagoas, de quem Renan foi líder de governo, é resultado do acordo que permitiu a vitória de José Sarney nas eleições para presidente do Senado, em janeiro passado, e pode "azedar" ainda mais a relação PT/PMDB no Congresso.
A eleição do senador Fernando Collor para a Comissão de Infraestrutura suja, mais uma vez, a imagem do Senado. Envolvido em escândalos de corrupção quando era presidente da República, sofreu impeachment em 1992, foi afastado pela justiça por oito anos da vida política. É portanto um nome que mancha a história do Brasil.
Em consequência disso, digo, dessa "maracutaia" toda, poderá prejudicar a ministra da Casa Civil, Dilma Russef, em virtude da proximidade que ela precisa ter junto à pasta, agora coordenada por Collor, principalmente por causa do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Só a presença de Collor no Congresso Nacional já representa um retrocesso político enorme para o Brasil. Ninguém merece isso!!!

2 comentários:

blogdocatarino.com disse...

Para se dar bem em Brasília é só ficar quieto um tempo e depois voltar como se nunca tivesse restrição alguma. São todos iguais e protegem os iguais.
Que o amigo tenha uma ótima Páscoa.

Moura disse...

Pois é amigo Prof. William, a verdade é que parece que nós brasileiros merecemos, sim e explico o porque.
Se as pessoas fossem menos corruptíveis não teríamos estes problemas, ou seja, o cara é bonitinho então votamos nele, o cara dá cestas básicas então votamos nele, o cara foi "punido" com oito anos fora da vida política, então ele já pagou seus pecados então votamos nele, daí os caras lá de dentro que vivem medindo forças em prol de si mesmos, colocam quem eles querem e temos que pagar por nossos atos muitas vezes inconsequentes.

Fica com Deus.
Saúde, paz e sucesso!
Abraço,
Moura
http://www.blogomoura.com